Faça seu cartão de crédito Sorriden!

Você já ouviu falar nos “dentes do juízo”? Conhecidos por surgirem, geralmente, no final da adolescência ou no início da vida adulta, os sisos estão localizados logo no fundo da boca e, muitas vezes, acabam passando despercebidos.

Quando bem posicionados, não causando dor nem incômodos, é desnecessário qualquer procedimento de extração. Contudo, como ocorre em muitos casos, retirar os sisos pode ser inevitável. 

Portanto, se você está com dúvida sobre a real necessidade da remoção desses dentes, não deixe de conferir este conteúdo até final e entender mais sobre o assunto! 

O que são os sisos?

Os dentes do siso são os terceiros e últimos molares de cada lado dos maxilares superiores e inferiores. Eles também são os últimos a nascer — surgindo geralmente entre os 16 e 20 anos — e, por isso, é comum que a boca não conte com o espaço suficiente para armazená-los, podendo ocasionar situações em que seja preciso retirá-los. 

Essa extração, embora bastante temida, é feita de forma rotineira. O dentista pode recomendar anestesia local ou até mesmo geral, a depender de cada caso. Em seguida, o paciente precisará morder um pedaço de gaze de 30 a 45 minutos após deixar o consultório para estancar sangramentos. O inchaço e os possíveis desconfortos passarão naturalmente após alguns dias. 

Por fim, está enganado quem pensa que todo mundo tem dentes do siso. É raro que eles não se desenvolvam, contudo, algumas pessoas simplesmente não nascem com os germes dos sisos, logo, eles acabam não se formando. Em outros casos eles podem até surgir, mas ficam escondidos sob a gengiva e só são identificados por meio de uma radiografia panorâmica. 

Em quais situações é necessário retirar os sisos? 

Dor

A dor costuma acontecer quando a gengiva em volta do dente que está erupcionando (ou seja, nascendo) está inflamada. Neste caso, é preciso consultar o dentista para definir como será a reversão do quadro  — geralmente, a extração é necessária, contudo, é também possível acabar com a inflamação sem necessariamente retirar os sisos. 

Erupção parcial 

Quando o siso está erupcionado na arcada, parcialmente ou apenas mal posicionado (muito inclinado para frente, para trás ou para os lados, por exemplo), a avaliação de uma possível extração deve ser feita pelo dentista. Isso porque esses dentes, sobretudo aqueles que irromperam de forma parcial, costumam ser de difícil acesso para escovação. ​

Não erupção

Nos casos em que os sisos não erupcionaram ou estão impactados dentro do osso e da gengiva — se encontrando muito deitados, mal posicionados ou impedidos de erupcionar pelo dente vizinho, é necessário que o dentista faça uma avaliação do caso. Caso seja solicitada uma radiografia e ela acuse lesão em volta do dente, pode ser que ele precise ser extraído. 

É válido lembrar que, a depender da posição do siso e da situação, problemas maiores podem surgir futuramente caso não seja feita a extração, como cáries, doenças gengivais devido à dificuldade de higienização do local, reabsorção da raiz do dente vizinho, desenvolvimento de cistos, entre outros. Além disso, ele pode alterar o posicionamento dos outros dentes, fazendo com que fiquem tortos. ​

Viu só como existem situações específicas nas quais é preciso retirar os sisos? Do contrário, não há problema algum em mantê-los, desde que um dentista seja consultado e os devidos cuidados gerais com a saúde bucal continuem sendo tomados. 

E por falar em saúde bucal, que tal conferir agora mesmo o nosso outro artigo sobre como cuidar bem dos dentes para previnir dores e incômodos? Até a próxima!

Blog Sorriden: dicas de saúde bucal


17 de setembro de 2021 | Saúde Bucal

Não sabe como melhorar o hálito? Confira 4 melhores formas!

Você sabe como melhorar o hálito? Ter mau hálito é uma situação desagradável que pode ser muito constrangedora […]


26 de agosto de 2021 | Saúde Bucal

O aparelho ortodôntico para crianças vale a pena? Descubra!

Um assunto muito comum e que gera dúvidas em mães e pais é o aparelho ortodôntico para crianças. […]


12 de agosto de 2021 | Saúde Bucal

Confira 5 dicas para perder a vergonha de ir ao dentista!

Por diversos motivos, as pessoas precisam realizar consultas odontológicas, no entanto alguns obstáculos impedem ou reduzem as chances […]

Acesse o Blog

Realize sua pesquisa