Você sabe o que é ortodontia? Essa especialidade é a responsável pela correção da posição dos ossos maxilares e dos dentes posicionados de maneira incorreta. Quando a arcada dentária está torta ou apresenta problemas de encaixe, pode provocar consequências sérias na estrutura da face.

Essa é uma das várias áreas da Odontologia que trata os problemas que aparecem na boca. Por isso, conhecer os seus tipos, os tratamentos oferecidos e a diferença entre o ortodontista e o clínico geral é importante para saber qual profissional buscar caso tenha algum prejuízo nos dentes.

Ficou interessado e quer saber mais sobre esse assunto? Então, continue a leitura!

O que é ortodontia e quais são os seus tipos?

A ortodontia tem o objetivo de tratar a posição dos ossos maxilares e dos dentes que estejam mal-posicionados. Essa especialidade é essencial para corrigir quaisquer alterações, já que o problema impede a boa higienização da boca, além de aumentar a chance de desenvolver cárie.

Quem não tem um alinhamento dentário correto também sobrecarrega os músculos mastigatórios, que pode levar à disfunção da ATM e dores de cabeça, na região das costas, ombros e pescoço. A ortodontia também trabalha com diversos tipos de aparelhos, podendo ser fixos ou móveis.

Nessa área, existem 3 tipos específicos em que o profissional atua. Veja, a seguir, quais são!

Preventiva

A ortodontia preventiva tem a intenção de evitar possíveis complicações em um tratamento ortodôntico mais complexo. Com a utilização de métodos específicos, o especialista busca impedir que os dentes fiquem tortos ou evita problemas de má oclusão dentária.

Interceptativa

Esse tipo tem o objetivo de atuar em uma situação anormal já existente, para devolver ao paciente a oclusão normal. A ortodontia interceptiva é fundamental para corrigir problemas como mordida cruzada, profunda e aberta.

Corretiva

Já a ortodontia corretiva é a mais comum. Ela é a opção ideal quando é importante corrigir oclusão ou problemas de alinhamento dental. O tratamento consiste no uso de aparelhos ortodônticos móveis ou fixos.

De modo gradativo, esses aparelhos causam a movimentação dos dentes e podem até modificar os ossos da face, tornando possível corrigir diastema, apinhamento dentário e posicionamento inadequado dos dentes.

Quais os principais tratamentos da ortodontia?

De modo geral, os tratamentos ortodônticos consistem no uso de aparelhos. Vários métodos e tipos podem ser indicados para corrigir a posição dos ossos e dos dentes. Confira, a seguir, algumas opções!

Aparelho fixo

O aparelho fixo é o tipo mais comum, sendo ideal para corrigir problemas de mordida errada ou dentes tortos. Ele atua por meio de peças coladas na arcada dentária, conhecidas como bráquetes. Elas são feitas a partir de uma liga metálica, e são colocadas nos dentes com resina.

Cada bráquete colado recebe um arco de metal maleável, semelhante a um arame. A peça é trocada pelo ortodontista na medida em que o tratamento evolui, regulando a tensão e a força aplicada sobre a arcada dentária. É essa pressão que faz com que os dentes se movam, saindo da posição original à direção ideal.

Aparelho estético

Para muitas pessoas, ter o sorriso metálico não é uma boa opção. Isso ocorre principalmente com os adultos, que têm a preocupação de definir uma boa aparência aos dentes. O aparelho estético foi criado para atender a essa necessidade do mercado.

Esse tipo funciona da mesma forma que o fixo, mas com bráquetes feitos de safira, porcelana ou policarbonato em vez de metal, sendo mais próxima da cor dos dentes do paciente. Ele é ideal para quem precisa tratar o desalinhamento dentário, mas que precisa de discrição.

Aparelho autoligado

O aparelho autoligado dispensa o uso das borrachinhas tradicionais e funciona tendo como base um tipo especial de bráquete. Essa opção cumpre a mesma função que os outros tipos, no entanto, apresenta características diferentes que o fazem ser melhor do que o original.

Mas como o aparelho autoligado consegue substituir a borracha? Esse tipo utiliza um sistema de clip para se fixar ao arco ortodôntico, reduzindo o atrito entre os dentes e aumentando a estabilidade da técnica.

Aparelho lingual

Esse tipo de aparelho é posicionado na parte de trás dos dentes para a correção dos desvios no desenvolvimento e crescimento da dentição. Ele funciona de modo similar ao fixo, com o auxílio de fio metálico e bráquetes na face interno do dente.

No entanto, diferentemente das outras opções, a técnica lingual exerce pressão na boca com peças menores, o que melhora o resultado estético e proporciona mais conforto aos pacientes. Esse tratamento pode ser indicado para adolescentes ou adultos, desde que já tenham a dentição permanente.

Alinhador ortodôntico

O alinhador ortodôntico é um aparelho que atua como substituto aos aparelhos ortodônticos tradicionais, permitindo alinhar os dentes de modo mais discreto. Sem usar fios metálicos ou bráquetes, essa técnica consiste em um jogo de aparelhos semelhantes a moldeiras removíveis e quase invisíveis.

Essas moldeiras são conhecidas como alinhadores e devem ser trocadas a cada 15 dias, de acordo com a orientação do ortodontista. Esse tratamento é ideal para tratar desde casos simples até os mais complexos, incluindo problemas como mordida aberta, diastema, prognatismo, dentes apinhados, sobremordida, entre outros.

Todo o procedimento é simulado por meio de um software 3D, sendo possível observar detalhadamente o processo do início ao fim. Dessa maneira, a pessoa já tem uma noção de como ficará o sorriso quando terminar.

Independentemente do tipo, consultar um profissional para fazer a manutenção do aparelho é fundamental. Nesse caso, ele troca o arco ou aperta esse sistema, estimulando o alinhamento dos dentes. Além disso, são trocados ou inseridos os acessórios como ganchos, molas ou elásticos.

Qual a diferença entre um ortodontista e um clínico geral?

A diferença principal entre os dois profissionais é que o clínico geral atende várias áreas da odontologia geralmente em casos de menor complexidade. Já o ortodontista tem uma especialização focada na ortodontia, sendo apto a alinhar e corrigir os dentes.

Agora que já sabe o que é ortodontia, saiba que é muito importante marcar uma consulta com o profissional. Com isso, ele poderá analisar o seu caso e indicar os melhores tratamentos para você!

Gostou do nosso conteúdo e quer ficar por dentro das novidades? Então, não deixe de curtir a nossa página do Facebook!

Blog Sorriden: dicas de saúde bucal


17 de setembro de 2021 | Saúde Bucal

Não sabe como melhorar o hálito? Confira 4 melhores formas!

Você sabe como melhorar o hálito? Ter mau hálito é uma situação desagradável que pode ser muito constrangedora […]


26 de agosto de 2021 | Saúde Bucal

O aparelho ortodôntico para crianças vale a pena? Descubra!

Um assunto muito comum e que gera dúvidas em mães e pais é o aparelho ortodôntico para crianças. […]


12 de agosto de 2021 | Saúde Bucal

Confira 5 dicas para perder a vergonha de ir ao dentista!

Por diversos motivos, as pessoas precisam realizar consultas odontológicas, no entanto alguns obstáculos impedem ou reduzem as chances […]

Acesse o Blog

Realize sua pesquisa