São Paulo - Capital
(11) 3181-9060
Demais Localidades 0800 444 0800

Dente de leite: saiba o que é e como cuidar corretamente

Mantenha sua saúde e sorriso em dia de maneira ainda mais simples e prática.

Header

Durante a infância, os pequenos passam por muitas transformações. É nessa fase, por exemplo, que ocorrem as mudanças estruturais na saúde bucal, com a erupção e a queda do dente de leite.

Com o início da dentição, surgem dúvidas relacionadas a essa etapa. É importante criar e manter bons hábitos de higiene e contar com o auxílio de profissionais especializados para isso.

Neste post, traremos mais informações sobre essa fase, além de dicas sobre a saúde bucal infantil. Vamos lá?

O que são dentes de leite?

Componentes da popularmente conhecida “dentição temporária”, o nome técnico são dentes decíduos. Contudo, ficaram conhecidos como dentes de leite por serem mais brancos do que os permanentes.

Sua estrutura é semelhante à da dentição permanente, com coroa, raiz e tecido pulpar. Começam a nascer próximo aos 6 meses de idade e costumam iniciar a queda por volta dos 6 anos.

Ao final do período de erupção, a arcada será composta por cerca de 20 dentes de leite, divididos entre as partes superior e inferior, que cumprirão várias funções ao longo do desenvolvimento da criança.

Cuidados com os dentes de leite

É fundamental manter alguns cuidados com a saúde bucal durante a infância. Além de consolidar os bons hábitos que seguirão por toda a vida, algumas práticas evitam cáries e doenças da cavidade bucal, as quais podem resultar na perda precoce dos decíduos.

Para isso, existem algumas rotinas para assegurar a preservação dos dentes de leite. Veja quais são elas. 

Fazer a correta higiene

O ideal é iniciar a escovação desde o surgimento do primeiro dente. A frequência correta é escovar após cada refeição. Para os bebês, que são alimentados mais vezes durante o dia e em intervalos menores, é recomendável a escovação, ao menos, três vezes ao dia.

É importante utilizar uma escova de cerdas macias e uma pequena quantidade de creme dental, tomando o cuidado para não deixar a criança engolir o produto. Outra dica é que a escovação deve ser realizada em todas as superfícies dos dentes.

Limpar as gengivas

Antes mesmo da erupção dos primeiros dentes, devemos iniciar a higiene bucal, limpando as gengivas do bebê. Com um pano limpo e úmido ou gaze, esfregue delicadamente a região para remover restos de leite.

Aproveite esse momento para massagear toda a área e aliviar os incômodos causados pelo nascimento dos dentes de leite. Uma dedeira de silicone também pode ser indicada nesse caso, sendo eficaz no processo de higienização.

Ter o acompanhamento do dentista

É recomendado realizar a visita ao dentista assim que o primeiro dente surgir. É importante que o acompanhamento odontológico seja iniciado antes de o bebê completar 1 ano.

A Associação Brasileira de Odontopediatria (Aboped) recomenda consultas trimestrais dos 12 aos 36 meses e, após essa idade, semestrais. Essas visitas são necessárias para que o profissional possa acompanhar o desenvolvimento de toda a estrutura bucal e facial da criança.

Queda dos dentes do leite: o que fazer nessa fase?

A queda dos decíduos, também chamada esfoliação, tem início por volta dos 6 anos de idade e finaliza em torno dos 12 anos. Algumas alterações nesse cronograma podem ocorrer, sem que isso signifique alguma patologia.

É importante deixar que a criança realize o manejo no momento da queda, pois isso ajuda a controlar o processo e diminuir a sensação de dor. Em caso de dúvidas, sempre consulte o dentista que acompanha a criança. Algumas ações auxiliam a passar por essa fase com tranquilidade:

  • mantenha a higiene adequada dos novos dentes para evitar cáries;
  • deixe a queda ocorrer naturalmente, sem forçar a saída;
  • consulte um dentista, em caso de demora na esfoliação, para avaliar a necessidade de extração em consultório.

O dente de leite faz parte da nossa dentição temporária e exige cuidados específicos. Apesar desses dentes não serem definitivos, é importante a manutenção e o cuidado corretos, pois eles fazem parte de uma etapa importante do desenvolvimento bucal.

Como dissemos, existem alguns hábitos que precisam ser estabelecidos nessa fase e que prosseguirão durante toda a vida, como higienização correta e visitas regulares ao dentista.

Agora que você já sabe mais sobre esse assunto e quais são os cuidados necessários, aprenda sobre os malefícios do açúcar para a saúde bucal.