Faça seu cartão de crédito Sorriden!

Sabia que manter uma boa higiene bucal é algo que vai muito além de questões estéticas e da prevenção de cáries e mau hálito? Adotando alguns cuidados diários, como escovação caprichada e uso de fio dental, você não só garante um sorriso mais bonito, como também cuida da sua saúde. Afinal, além das doenças orais, existem males no corpo que são consequências da falta desse zelo. 

Uma boca saudável também é importante para que a pessoa possa falar bem e mastigar corretamente os alimentos, ou seja, tem tudo a ver com o nosso bem-estar.

E você, já sabe quais são os cuidados essenciais com a saúde bucal que não podem ficar de fora da sua rotina? É sobre isso que falaremos neste post. Acompanhe!

1. Mantenha uma boa escovação

Não é segredo algum que uma escovação caprichada e frequente é uma das melhores formas de manter a saúde bucal em dia. No entanto, é bastante comum as pessoas pensarem que estão escovando os dentes de maneira correta quando, na verdade, acabam sempre ficando resíduos na boca e a limpeza deixa a desejar. 

É por isso que mostraremos a seguir os principais passos para uma escovação adequada.

A escova certa

O primeiro deles é escolher a escova certa. Para isso, observe o grau de maciez e a quantidade de cerdas. A maior parte dos dentistas concorda que as macias são mais eficientes para remover placas e resíduos de alimentos. Além disso, aquelas de cabeça pequena conseguem alcançar com mais facilidade todas as áreas da boca. 

Dê preferência também às escovas com cabos mais lisos, já que as borrachas podem facilitar o acúmulo de sujeiras e proliferação de bactérias. Se possível, opte por aquelas que têm tampa acrílica, conservando e protegendo as cerdas. Por fim, a frequência adequada para trocar o produto é de a cada dois ou três meses, no máximo. 

A escovação

A escovação deve ser feita por meio de movimentos circulares e vibratórios. Dessa forma, as cerdas da escova cobrirão tanto a superfície dos dentes quanto a gengiva o que é o ideal, já que higieniza a região onde a sujeira mais costuma se acumular. 

Comece pelos dentes superiores, “varrendo-os” com os movimentos já indicados de cima para baixo. Já os inferiores devem ser escovados de baixo para cima. Além da parte externa, é também necessário fazer o mesmo com a parte interna e a área plana. Não se esqueça da língua, de modo a combater as bactérias que causam mau hálito. 

2. Escolha o creme dental correto 

Embora a escova seja um fator importantíssimo, escolher uma boa pasta de dentes também ajuda na manutenção adequada da higiene bucal. Nem sempre aqueles cremes que prometem um sorriso mais branco são os melhores. Isso porque produtos do tipo costumam apresentar uma quantidade grande de abrasivos em sua fórmula.

Os componentes abrasivos promovem uma microabrasão no esmalte dos dentes, garantindo uma boa limpeza e deixando-os mesmo com a aparência mais branca. Contudo, a superfície do esmalte fica cheia de rugosidades, retendo mais a pigmentação dos alimentos já que ela não é mais lisa. Caso o uso desses produtos seja contínuo, o resultado pode ser notado a longo prazo. 

Agora, você deve estar se perguntando sobre como saber se uma pasta de dentes é muito abrasiva ou não, certo? Para tanto, veja os seguintes passos:

  1. aplique uma pequena porção do creme entre os dedos;
  2. esfregue-os e sinta a consistência do produto. Se a sensação for de estar tocando em grãos de areia, é porque a pasta tem componentes abrasivos. 

3. Não se esqueça do fio dental 

O uso do fio dental, que deve acontecer no mínimo uma vez ao dia, é essencial para promover uma higienização mais eficiente e, ao mesmo tempo, prevenir diversas doenças bucais. Isso porque ele consegue atingir locais os quais a escova não entra, como o espaço entre os dentes, que é muito justo. 

Se você ainda tem dúvidas sobre como fazer a utilização correta desse produto, não se preocupe. Mostraremos agora mesmo o passo a passo. Primeiro, enrole uma quantidade boa do fio (aproximadamente 40 cm). Segure-o entre o polegar e o indicador das duas mãos, pressionando-o na interseção de dois dentes. Depois, esfregue-o nas duas faces, em movimentos contínuos de cima para baixo, eliminando toda a sujeira. 

A linha deve atingir a gengiva, mas jamais force o fio contra ela. Isso, além de dolorido, pode cortar ou machucar o tecido gengival, que já é frágil por natureza. 

4. Evite o consumo de alimentos com açúcar em excesso 

Aqui, é claro que não estamos falando para cortar quaisquer alimentos e produtos que contenham açúcar de sua vida, caso você não seja portador de nenhuma condição que impeça o consumo dessa substância. O segredo é apostar sempre na moderação e na escovação caprichada depois. 

Doces, biscoitos, refrigerantes… todos esses alimentos e bebidas, comuns na dieta de muitos, são repletos de açúcar em suas composições. Quando consumidos com frequência e sem a adoção de uma escovação adequada, contribuem para o aumento considerável do desenvolvimento de cáries

Quando você come ou bebe produtos açucarados, acaba alimentando as bactérias da boca  que digerem os alimentos consumidos e se alimentam especificamente de açúcar. Com isso, são produzidos ácidos capazes de dissolver lentamente o esmalte dos dentes e causar cáries. Sendo assim, nada de achar que comer aquele último docinho antes de dormir sem escovar os dentes (como já mostramos) não causará danos! 

5. Faça consultas regulares com um dentista 

Por fim, mas definitivamente não menos importante, é crucial manter as consultas com o dentista em dia para a prevenção de doenças e manutenção dos dentes. O ideal é que a visita ao consultório seja feita regularmente, com a frequência a depender das necessidades do paciente.

Não existe um consenso, mas é recomendado que esse espaço não exceda seis meses. Nessas horas, contar com um bom plano odontológico é uma ideia eficaz. 

Essas foram as principais dicas de higiene bucal para manter um sorriso bonito e, acima de tudo, saudável! Como foi possível perceber, são medidas simples e fáceis de serem adaptadas ao dia a dia, não concorda? Lembre-se de que a prevenção sempre será a forma mais econômica de cuidar da saúde da boca, evitando o surgimento de problemas graves e que acarretem dores e contratempos. 

Gostou das dicas que trouxemos neste post? Então, aproveite a sua visita no blog para conferir também nosso conteúdo sobre reabilitação oral e seus benefícios para a saúde bucal!

Blog Sorriden: dicas de saúde bucal


17 de setembro de 2021 | Saúde Bucal

Não sabe como melhorar o hálito? Confira 4 melhores formas!

Você sabe como melhorar o hálito? Ter mau hálito é uma situação desagradável que pode ser muito constrangedora […]


26 de agosto de 2021 | Saúde Bucal

O aparelho ortodôntico para crianças vale a pena? Descubra!

Um assunto muito comum e que gera dúvidas em mães e pais é o aparelho ortodôntico para crianças. […]


12 de agosto de 2021 | Saúde Bucal

Confira 5 dicas para perder a vergonha de ir ao dentista!

Por diversos motivos, as pessoas precisam realizar consultas odontológicas, no entanto alguns obstáculos impedem ou reduzem as chances […]

Acesse o Blog

Realize sua pesquisa