Faça seu cartão de crédito Sorriden!

higiene bucal dos bebês é apenas o primeiro passo para os cuidados com a saúde odontológica das crianças. Por isso, é necessário contratar um plano odontológico infantil o quanto antes. Afinal, prevenir é sempre melhor que remediar. Esse tipo de plano consegue atender às necessidades de cada etapa da infância e contribui para que seu filho cresça sem problemas provocados pela falta de higiene bucal.

Ainda não se convenceu sobre a importância de fazer um plano odontológico para as crianças? Além de falar um pouco mais dos benefícios da assistência odontológica infantil, esclarecemos neste post as dúvidas mais comuns sobre o assunto. Leia e confira!

Como funciona um plano odontológico para crianças?

Os cuidados com a saúde bucal permanecem durante toda a vida. Mas a infância exige uma atenção especial porque nessa fase é possível promover hábitos saudáveis e desenvolver a chamada educação odontológica.

Os planos voltados à saúde bucal foram desenvolvidos justamente para melhorar o acesso a tratamentos de qualidade. Com um bom plano, você pode contar com serviços odontológicos variados e dentistas de diferentes especialidades, com atendimentos de acordo com as suas demandas e especificidades.

Com os planos odontológicos infantis é assim: eles foram desenvolvidos especialmente para atender o público de 0 a 12 anos. A cobertura envolvem serviços da odontopediatria, especialidade voltada para as crianças e que atua na prevenção e educação para saúde bucal. Além disso, eles podem cobrir procedimentos preventivos, como a aplicação de flúor e limpeza, e até emergências odontológicas e outros tratamentos.

Quando adquirir um plano de assistência odontológica infantil?

Dos 0 aos 6 meses, você mesmo pode cuidar da limpeza da gengiva do bebê. Limpar e massagear a região ajuda a prevenir o surgimento de bactérias e inflamações.

A partir do sexto mês, os primeiros dentinhos já começam a aparecer. Mas a recomendação é levar o pequeno à primeira consulta com o odontopediatra próximo do primeiro aniversário. Essa é a hora de contratar o plano odontológico para a criança.

As crianças precisam de plano porque têm mais problemas bucais?

Não necessariamente. O principal objetivo na adoção de um programa odontológico infantil é a prevenção. Mas o desenvolvimento da arcada dentária das crianças demanda cuidados especiais.

A partir do terceiro ano de vida, por exemplo, novos alimentos são introduzidos na rotina alimentar dos pequenos. Ou seja, inicia-se um período em que pode ocorrer a formação de cáries.

Já a partir dos 6 anos, começa a substituição dos dentes de leite pelos permanentes. O acompanhamento odontológico é essencial para verificar o posicionamento dos dentes e a necessidade de procedimentos corretivos. Isso ajuda a prevenir também problemas futuros, como mastigação cruzada, bruxismo infantil e até dores de cabeça.

Quais os procedimentos de higiene bucal cobertos por plano odontológico infantil?

Normalmente, os planos odontológicos cobrem a limpeza e aplicação de flúor e oferecem orientações em higiene bucal e aplicação de selante. O odontopediatra ensina pais ou responsáveis a realizarem corretamente a escovação dos dentinhos dos pequenos. Ele também vai orientar quanto ao uso de fio dental e estimular o hábito de utilizá-lo desde cedo ainda com o dente de leite.

Outro ponto importante na higiene bucal das crianças diz respeito aos hábitos alimentares saudáveis, já que o odontopediatra pode orientar as crianças quanto à adoção de uma dieta equilibrada com baixo consumo de açúcar e carboidratos.

Quanto custa um plano odontológico infantil?

Os valores oscilam entre R$ 14,90 a R$ 315,00 ao mês por criança. É uma grande variação porque o preço final depende do tipo de assistência e cobertura oferecida por empresa.

Outros critérios que levam à variação de preço,  é se o atendimento é feito através de rede credenciada ou por reembolso, a gama de procedimentos odontológicos cobertos, como aparelhos ortodônticos e tratamentos de canal. Além disso, existem planos para crianças de 0 a 7 anos, enquanto outros cobrem os pequenos até os 12 anos, por exemplo.

Como escolher a melhor assistência odontológica para meu filho?

A prestação de serviços de odontologia oferecida pelos planos é regulamentada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Ou seja, este é o órgão que fiscaliza os preços, o tipo de cobertura e outros pontos que devem garantir que você contrate um serviço de qualidade.

Então, no momento de contratar o plano odontológico das crianças, o primeiro passo é verificar se esse plano conta com o registro na ANS. Assim, você tem a certeza de que a empresa que fornece o serviço de cobertura odontológica respeita os direitos do consumidor.

O segundo passo é procurar uma assistência de cuidados com a saúde bucal infantil que melhor se adapta às suas necessidades e às necessidades da criança. Ninguém quer pagar mais caro por um serviço que nem será utilizado, não é verdade? Se você tem um filho pequeno, talvez não seja necessário um plano mais caro que cubra um tratamento de canal, por exemplo.

Outro ponto importante a ser considerado é a assistência oferecida pelos planos em casos de emergências odontológicas. Todos sabemos que as crianças não ficam muito tempo paradas e podem precisar de atendimento de urgência. Afinal, você não vai querer descobrir na hora H que o plano escolhido não possui esse tipo de cobertura. Então, cheque antes.

Você conhece a Sorriden?

A esta altura, você já deve estar convencido sobre a importância de procurar um plano odontológico infantil. Mas na hora de escolher o serviço ideal, busque uma empresa reconhecida no mercado e que conta com os melhores profissionais para atender o seu filho.

A Sorriden, por exemplo, é dedicada à odontologia preventiva e oferece programas para os mais diferentes perfis. Um deles, o Programa Essencial Kids, é voltado para os cuidados com a saúde bucal infantil e se concentra nas crianças com até 7 anos.

São oferecidos procedimentos preventivos como limpeza, aplicações de flúor e selante, além de orientação em higiene bucal. Há ainda a cobertura de urgências odontológicas. Ou seja, em caso de acidente, seu filho pode ser atendido sem aviso prévio.

A Sorriden conta ainda com a melhor rede de clínicas odontológicas do Brasil e você pode adquirir o programa on-line, com o melhor preço do mercado, sem burocracia e sem carência.

Neste post você descobriu que os cuidados com a saúde bucal devem começar cedo. E que quanto mais investimos na educação e prevenção da saúde dos dentes na infância menor a incidência de problemas odontológicos no futuro.

Por isso, esclarecemos as principais dúvidas sobre o plano odontológico infantil, o momento ideal de compra, como ele funciona, quais os valores e como escolher a assistência odontológica ideal para seu filho. Por fim, apresentamos a Sorriden, que ajuda você e sua família a prevenir e cuidar da saúde bucal com economia.

Suas principais dúvidas sobre plano odontológico infantil foram esclarecidas? Então, que tal visitar a página da Sorriden e obter mais informações sobre nossos programas de prevenção odontológica? Aguardamos você!

Blog Sorriden: dicas de saúde bucal


17 de setembro de 2021 | Saúde Bucal

Não sabe como melhorar o hálito? Confira 4 melhores formas!

Você sabe como melhorar o hálito? Ter mau hálito é uma situação desagradável que pode ser muito constrangedora […]


26 de agosto de 2021 | Saúde Bucal

O aparelho ortodôntico para crianças vale a pena? Descubra!

Um assunto muito comum e que gera dúvidas em mães e pais é o aparelho ortodôntico para crianças. […]


12 de agosto de 2021 | Saúde Bucal

Confira 5 dicas para perder a vergonha de ir ao dentista!

Por diversos motivos, as pessoas precisam realizar consultas odontológicas, no entanto alguns obstáculos impedem ou reduzem as chances […]

Acesse o Blog

Realize sua pesquisa