Faça seu cartão de crédito Sorriden!

No início você não sente nada, até que surge um pequeno desconforto. Com o tempo, essa dor de dente fica mais intensa e se não for tratada com urgência, possivelmente só será resolvida com o tratamento de canal. Essa técnica, também chamada de endodontia, consiste na remoção da polpa ou nervo localizado na parte interna do dente dolorido.

Apesar de ser um dos procedimentos mais realizados nos consultórios odontológicos, esse tratamento costuma ser temido por alguns pacientes. O medo traz sérias consequências à saúde, pois o dente comprometido que não é tratado pode fazer com que a infecção caia na corrente sanguínea, contaminando todo o organismo. A inflamação pode levar ainda à formação de um abscesso na boca, que pode se transformar em uma angina, provocando dificuldade para respirar.

Leia nosso artigo e desmistifique de vez o tratamento de canal. Você também vai descobrir o que é preciso fazer para evitar a necessidade de passar por esse procedimento no futuro. Vamos lá?

Qual é o passo a passo do tratamento de canal?

Com o uso de exames físicos, raios X e testes de sensibilidade da polpa dos dentes, o dentista vai identificar a presença de alguma lesão e o tamanho do problema. É a partir daí que ele poderá indicar ou não a necessidade de um tratamento de canal. O procedimento em si é bastante rápido, realizado em 3 etapas:

  • abertura da coroa: o dentista utiliza uma broca de obturação para chegar à infecção;
  • remoção da polpa: para evitar que a inflamação desse tecido se espalhe para outros dentes, o profissional raspa e desinfeta o local com o auxílio de uma lima;
  • restauração: após a retirada da polpa, o dente fica com um espaço vazio. Para evitar a entrada de bactérias no local, a região é preenchida com uma resina. Em alguns casos, é necessária a utilização de coroas para proteger o dente restaurado.

Normalmente, todos esses passos são realizados em uma única sessão. No entanto, dependendo do grau de infecção do dente, esse número pode aumentar.

O tratamento de canal dói?

Esse procedimento é totalmente indolor porque o dentista aplica uma anestesia local por meio de injeções na gengiva, próxima ao dente a ser tratado. O profissional também pode utilizar uma pomada anestésica para diminuir o desconforto ocasionado pelas picadas da agulha.

Você pode sentir um pequeno incômodo pós-operatório, mas nada que se compare às dores de quem foge do tratamento.

Quais são os cuidados após o procedimento?

Para garantir a recuperação do dente, é importante que você siga as recomendações a seguir.

Tenha cuidado com a mastigação

Nas primeiras semanas após o tratamento, é importante dar um descanso ao dente para evitar uma fratura ou comprometer as restaurações provisórias aplicadas em alguns pacientes. Para isso, evite a mastigação de alimentos duros ou pegajosos na região onde foi realizado o canal.

Dê atenção à higiene bucal

A escovação e o uso de fio dental não devem ser interrompidos, pois contribuem para combater o surgimento de complicações que podem retardar a recuperação da região do canal dentário. Durante essa higienização, redobre o cuidado e realize movimentos suaves próximo ao dente tratado.

Utilize os medicamentos recomendados pelo dentista

Para evitar incômodos pós-operatórios, o dentista pode recomendar o uso de analgésicos e anti-inflamatórios. Siga essa prescrição e evite tomar qualquer medicamento por conta própria.

Faça o controle do tratamento

Após a endodontia, muitas vezes não é mais necessário mexer no dente tratado, mas isso não elimina a necessidade de visitar o dentista para realizar um acompanhamento. 

Quais são as 4 dicas para proteger os dentes?

A odontologia preventiva é a melhor solução para quem deseja manter os dentes fortes, saudáveis e sem dores. Que tal conhecer algumas medidas que ajudam você a evitar a necessidade de um tratamento de canal no futuro?

1. Mantenha uma rotina de higiene bucal

Quando não conseguimos remover a maior parte da sujeira dos dentes e da gengiva, abrimos espaço para a ação de bactérias causadoras da cárie. Esse problema cria uma cavidade no dente, que permite a infecção das camadas internas, como a polpa e o nervo. Nesse caso, a única solução para o problema é o procedimento de canal.

Para garantir a saúde dos dentes, é importante seguir uma boa rotina de higiene, com a escovação após as refeições e o uso do fio dental pelo menos uma vez ao dia.

2. Evite traumas nos dentes

Além das cáries, os traumas nos dentes também podem indicar a necessidade de endodontia. O ideal é evitar qualquer pancada que possa resultar em dente quebrado e na lesão da polpa, mantendo atenção redobrada durante brincadeiras e práticas esportivas de contato.

3. Consuma menos açúcar

Comidas e bebidas açucaradas são perfeitas para a proliferação de bactérias na boca. Evite o consumo desses produtos ricos em açúcar e invista nos alimentos bons para os dentes, como os vegetais de folhas verde-escuras e os laticínios. Ricos em cálcio, eles promovem o fortalecimento dos dentes e ainda ajudam na proteção contra as cáries.

Mastigar chicletes sem açúcar também contribui para a prevenção do problema, já que a mastigação estimula uma maior produção de saliva, impedindo a proliferação das bactérias nocivas na boca.

4. Visite o dentista regularmente

O jeito mais seguro e efetivo de manter os dentes fortes e saudáveis é visitar o dentista com frequência. Só ele é capaz de avaliar a necessidade de um tratamento de canal e também vai poder tratar as cáries antes que elas comprometam a parte interna do dente. No consultório, você ainda pode participar de um programa de prevenção odontológica para a realização de cuidados e procedimentos que garantem a manutenção de sua saúde bucal.

Proteja seus dentes com o Programa de Prevenção Sorriden

A Sorriden é uma operadora de planos odontológicos reconhecida por seu Programa de Prevenção, que tem como objetivo promover o acompanhamento contínuo dos pacientes para que você consiga manter sua saúde bucal em dia com o máximo de conveniência e conforto. Temos mais de 200 clínicas credenciadas espalhadas por todo o Brasil, equipadas com tecnologia de ponta e com profissionais especializados em odontologia.

Nossos planos odontológicos não têm burocracias. Após 24 horas da contratação do Programa de Prevenção, você já pode realizar o agendamento on-line de sua consulta e tem garantido o atendimento em até 48 horas após a marcação. Os planos Sorriden cobrem tratamentos preventivos, como aplicações de flúor, limpezas e raspagens, e oferecem descontos exclusivos para outros procedimentos. Além disso, você também tem acesso ao atendimento de urgência sem a necessidade de agendamento prévio.

O tratamento de canal é uma técnica segura e necessária nos casos em que há alguma lesão na parte interna do dente, como cáries e fraturas. Evite surpresas desagradáveis e reverta problemas sérios nos dentes mantendo visitas regulares ao dentista e participando de um programa de prevenção odontológica, como o oferecido pela Sorriden.

Entre em contato conosco, conheça nossos programas de prevenção e cuide da saúde bucal!

Blog Sorriden: dicas de saúde bucal


17 de setembro de 2021 | Saúde Bucal

Não sabe como melhorar o hálito? Confira 4 melhores formas!

Você sabe como melhorar o hálito? Ter mau hálito é uma situação desagradável que pode ser muito constrangedora […]


26 de agosto de 2021 | Saúde Bucal

O aparelho ortodôntico para crianças vale a pena? Descubra!

Um assunto muito comum e que gera dúvidas em mães e pais é o aparelho ortodôntico para crianças. […]


12 de agosto de 2021 | Saúde Bucal

Confira 5 dicas para perder a vergonha de ir ao dentista!

Por diversos motivos, as pessoas precisam realizar consultas odontológicas, no entanto alguns obstáculos impedem ou reduzem as chances […]

Acesse o Blog

Realize sua pesquisa