São Paulo - Capital
(11) 3181-9060
Demais Localidades 0800 444 0800

Reabilitação oral: saiba o que é e os benefícios para a saúde bucal

Mantenha sua saúde e sorriso em dia de maneira ainda mais simples e prática.

Header

Muitas pessoas estão insatisfeitas com o sorriso e sofrem com os efeitos danosos da aparência desdentada, afetando a autoestima e a confiança. Entretanto, a odontologia já desenvolveu técnicas para trazer de volta a sua segurança tanto ao sorrir, quanto ao falar e mastigar.

Elaboramos este artigo a fim de explicar o que é, para quem é indicada, quais os objetivos e como a reabilitação oral é feita. Continue a leitura e tire suas dúvidas sobre o assunto.

O que é e quais são os objetivos da reabilitação oral?

Antes de mais nada, saiba que a reabilitação oral é o nome técnico que se dá a uma série de especialidades odontológicas que reconstroem o sorriso do paciente, restaurando tanto a harmonia estética quanto a parte funcional e a saúde bucal.

O tratamento de reabilitação oral pode envolver várias áreas da odontologia, como periodontal (na gengiva e no osso maxilar), ortodontia (posicionamento e articulação dental), endodontia (estudo da polpa, tecido e raiz dos dentes) e implantodontia (com implantação de prótese e colocação de enxerto ósseo).

Com o acompanhamento do dentista desde o diagnóstico até a cirurgia, o objetivo principal da reabilitação é melhorar a aparência da boca e tratar as disfunções causadas pela falta dos dentes. No entanto, nem todos os problemas bucais implicam a reabilitação oral. Muito pelo contrário! A técnica geralmente é indicada para quem perdeu vários dentes e sofre com doenças digestivas, a exemplo da gastrite e do refluxo.

Para quem apresenta uma aparência desdentada, a reabilitação melhora a estética e as funções orais. Da mesma forma, o procedimento ajuda as pessoas com perda dental e mal-estar digestivo na mastigação, oclusão e digestão dos alimentos, deixando o organismo em pleno funcionamento.

O tempo para concluir o processo varia, mas é certo que você deve ter cuidado com os dentes após a conclusão do tratamento. Para manter a higiene, use escova apropriada e não deixe de passar o fio ou a fita dental, impedindo a formação de placa bacteriana.

Como a reabilitação oral é feita?

A reabilitação oral restaura os dentes perdidos e impacta diretamente no tratamento de disfunções bucais. Contudo, a dúvida que fica é como o procedimento é feito pelo dentista? A resposta é simples: pode-se recorrer ao implante ou à prótese dentária, dependendo do caso.

Implante

Ao apresentar o problema ao especialista, ele pedirá uma série de exames (tomografia, raio-x, fotografia intraoral) que mapeiam a boca. Com o diagnóstico claro, a indicação para recompor a região de dentes perdidos pode ser o implante dentário.

Bastante resistente e seguro, o implante é realizado com material metálico que suporta a nova dentição. A cirurgia, cuja cicatrização demora de 4 a 6 meses, apresenta taxa mínima de rejeição, mas requer que o paciente tenha uma estrutura óssea adequada para receber o pino de titânio e posteriormente a prótese.

Prótese

Após a documentação ortodôntica, o cirurgião pode considerar a prótese dentária (seja a total fixa, seja a total removível) para completar a reabilitação oral. A técnica se diferencia do implante, mas trata a falta de dentes e traz mais conforto para que a pessoa realize normalmente as atividades do dia a dia.

Semelhante à ponte dentária, a prótese do tipo total fixa é colocada junto à mucosa para recompor a dentição perdida. Por outro lado, a popular dentadura (clinicamente chamada de prótese total móvel) resolve mais facilmente o problema da perda dental, porém oferece alguns empecilhos quanto à adaptação e à fixação da peça na boca.

Quais são os principais benefícios da técnica?

A reabilitação mexe com a estrutura oral, devolvendo harmonia ao sorriso e regulando as utilidades da boca, desde a oclusão até a digestão. Confira quais são os benefícios gerados pela técnica:

Acaba com os incômodos

São várias as causas que levam as pessoas a fazerem a reabilitação oral. No entanto, a principal delas é a falta dos dentes, que incomoda o paciente tanto com uma dor localizada quanto por outra desarmonia nos demais órgãos. O procedimento corrige as disfunções no maxilar e nas arcadas e alivia o seu mal-estar.

Melhora a fala e a mastigação

Ainda que não seja tão aparente, a fala e a mastigação dependem diretamente da sua saúde bucal. Gengiva, dentes e o osso maxilar podem ser comprometidos caso não haja higiene diária com escovação. Para restaurar a harmonia e melhorar as funções orais, a indicação pode ser reabilitar tal região.

Aumenta a autoestima e a confiança

Quem não quer sair bem nas fotos dos amigos ao sorrir? A sociedade atual está cada vez mais preocupada com a beleza, mas a perda de dentes pode causar baixa autoestima e até depressão. A reabilitação oral é uma opção adequada para deixar a aparência desdentada para trás e ganhar confiança com o próprio corpo.

Por que ter um plano de saúde ajuda no tratamento?

A conclusão do procedimento depende do tratamento escolhido, da resposta do paciente à intervenção e da frequência com que ele se consulta com o profissional. Por isso é tão importante contar com um planejamento que cubra os custos e ofereça suporte clínico a todo instante.

Afinal de contas, quem não deseja estar seguro para dispor de um atendimento com dentista especializado nos males da boca? Neste sentido o plano odontológico é o melhor amigo para encontrar uma rede de clínicas que sempre abrirá as portas quando você necessitar.

Além disso, o plano de saúde será uma opção confortável para as pessoas que desejam fazer a reabilitação oral, já que oferece ampla gama de serviços para você se consultar, ter documentação ortodôntica, começar o tratamento e, claro, voltar a sorrir sem medo.

Neste conteúdo você descobriu que a reabilitação oral é um conjunto de técnicas odontológicas para melhorar estética e funcionalmente o problema da perda dental. Realizado com implante ou prótese dentária, o método visa a restabelecer a mastigação e ajuda no tratamento de infecções.

Você já sabe o que é, como é feita e quais são os principais benefícios que a reabilitação oral traz para o paciente. Agora, que tal agendar a sua consulta? Entre em contato conosco e conheça nossos programas!