Faça seu cartão de crédito Sorriden!

O herpes zóster, popularmente conhecido como cobreiro, e os herpesvírus tipo 1 e 2 causam o herpes simplex, uma infecção para o qual 99% dos adultos em todo o mundo têm imunidade, podendo ser assintomático ou manifestando um único episódio de mal-estar, de acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia. Apesar de acometer grande parte da população, você sabe o que é herpes na boca?

Pensando nisso, este conteúdo apresenta quais são os tipos de herpes e resume o que caracteriza a infecção na região da boca. Depois, o texto explica quais são os principais sintomas de herpes bucal, informa o que pode causar o quadro e reúne os tratamentos mais indicados para minimizar a infecção. Continue a leitura e tire as suas dúvidas sobre o assunto!

Quais são os tipos de herpes?

Herpes é uma infecção que pode ser causada por agentes virais distintos, o que modifica a maneira pela qual o mal-estar se manifesta no corpo. De forma geral, existem três tipos de herpes:

  • tipo 1: é a mais comum e ocasiona lesões orais;
  • tipo 2: acomete a região genital, causando lesões que são transmitidas por via sexual;
  • tipo 3: herpes zóster, se deve ao mesmo vírus da varicela, a popular catapora, levando a dores e lesões cutâneas que duram por semanas ou meses.

A infecção também pode ser dividida em oito diferentes grupos, de acordo com este estudo, sendo os tipos 1 e 2 associados a herpes labial e a herpes intraoral (na região interna da boca).

O tipo 3 provoca a varicela e o 4 está ligado à mononucleose (“doença do beijo”), ao linfoma de Burkitt (câncer do sistema linfático) e ao carcinoma nasofaríngeo (tumor maligno na região do nariz).

O tipo 5 pode levar a má formações congênitas, o 6 implica roséola (parecida com rubéola, afetando mais crianças), o 7 se correlaciona ao vírus da AIDS, e o 8 está associado ao sarcoma de Kaposi (câncer que provoca lesões na pele).

Como se caracteriza o herpes na boca?

O herpes labial, associado aos tipos de herpes 1 e 2 (herpes simplex), mais comuns entre as pessoas, se caracteriza pela manifestação de pequenas bolhas nos lábios, na boca e na gengiva, provocando uma ferida dolorosa no local. O líquido presente nas bolhas é repleto de vírus, sendo bastante contagioso quando essa erupção cutânea se rompe.

Quais são os principais sintomas de herpes na boca?

Os principais sintomas de herpes bucal são bolhas que se desenvolvem abaixo do lábio levando, após o rompimento da erupção, a úlceras (feridas) incômodas e com maior sensibilidade na região labial ou na parte interna da boca. Pessoas que estão infectadas com herpes simplex também podem apresentar dor no canto da boca.

A depender da extensão do problema, o paciente ainda pode sentir febre e aumento dos gânglios relacionados à cabeça e ao pescoço, um sinal de que o sistema linfático está tentando conter a infecção no corpo.

No entanto, antes de ocorrer a formação de bolhas próximas à boca ou no tecido gengival, quando o vírus leva ao primeiro episódio sintomático, a pessoa costuma sentir formigamento, vermelhidão, coceira, ardência e dor facial.

Os sintomas podem durar de uma a duas semanas para serem combatidos pelo sistema imunológico, mas é importante procurar um serviço de urgência ou emergência para iniciar um tratamento adequado e impedir que a infecção seja transmitida para outras pessoas.

O que pode causar herpes bucal?

Não é por menos que o herpes labial é muito comum em adultos, uma vez que basta ter contato com objetos contaminados para contrair o agente patológico dessa infecção. Além disso, beijar uma pessoa infectada e utilizar a mesma toalha, roupa íntima e escova de dentes de um paciente com herpes simplex são outros possíveis causadores do mal-estar.

Pessoas que têm o vírus do herpes em estado latente no corpo podem desenvolver as feridas nos lábios, na boca e na gengiva em situações de baixa imunidade, alterações hormonais, exposição longa ao sol sem a devida proteção e estresse emocional.

O período de incubação do vírus é de 2 a 26 dias, variando de acordo com o organismo da pessoa infectada. Em geral, as lesões ocorrem em até 6 dias depois do contato, apesar de a maioria da população não desenvolver nenhum sintoma após ser exposto ao agente patológico.

Qual é o tratamento indicado para herpes na boca?

Até aqui você entendeu o que é, quais os sintomas e o que causa herpes na boca. Mas a dúvida é como tratar essa infecção, certo? Respondendo essa questão, existem hoje algumas opções para combater herpes bucal, principalmente com pomadas, a exemplo de Zovirax, Dermacerium HS gel e Penvir lábia, e comprimidos, como o Zovirax, Hervirax, Valtrex, Herpstal e Penvir.

Além dos cremes e dos antivirais orais, o paciente pode recorrer também, sob orientação do médico, a curativos líquidos (adesivo transparente que impede a contaminação) e a remédios caseiros, como ingerir um dente de alho por dia para fortalecer o sistema imunológico.

Apesar de não ter cura, as crises de herpes podem ser evitadas com estas dicas:

  • reduzir momentos de estresse;
  • descansar e manter boa alimentação;
  • expor-se menos ao sol e ao vento forte;
  • fazer aplicação frequente de filtro solar;
  • evitar traumas no local;
  • e, claro, usar os medicamentos prescritos.

No entanto, quando o quadro se manifesta, apresentando sintomas na região bucal, o melhor é manter distância das outras pessoas, não beijar no período de surto, lavar as mãos após tocar no local e redobrar a atenção com a higiene oral.

Em todo caso, é importante se manter informado sobre os diversos tipos de herpes e, sobretudo, o herpes bucal, que acomete grande parte da população.

Neste artigo, você descobriu o que é herpes na boca, uma infecção viral que acomete os lábios, a gengiva e a boca, caracterizando-se pelo surgimento de bolhas geralmente dolorosas. Por isso, caso o paciente relate algum sintoma, é necessário buscar ajuda especializa para avaliar o quadro pessoalmente e receber uma indicação adequada de tratamento.

O texto foi útil para você? Se sim, descubra outras dicas que ajudam a manter o bem-estar e aumentam a sua qualidade de vida. Agora, curta a nossa página no Facebook e receba grátis materiais interessantes!

Blog Sorriden: dicas de saúde bucal


17 de setembro de 2021 | Saúde Bucal

Não sabe como melhorar o hálito? Confira 4 melhores formas!

Você sabe como melhorar o hálito? Ter mau hálito é uma situação desagradável que pode ser muito constrangedora […]


26 de agosto de 2021 | Saúde Bucal

O aparelho ortodôntico para crianças vale a pena? Descubra!

Um assunto muito comum e que gera dúvidas em mães e pais é o aparelho ortodôntico para crianças. […]


12 de agosto de 2021 | Saúde Bucal

Confira 5 dicas para perder a vergonha de ir ao dentista!

Por diversos motivos, as pessoas precisam realizar consultas odontológicas, no entanto alguns obstáculos impedem ou reduzem as chances […]

Acesse o Blog

Realize sua pesquisa