Faça seu cartão de crédito Sorriden!

Quem não quer encontrar os amigos com autoestima para sorrir em público? A resposta é óbvia, mas nem sempre pessoas que têm problemas bucais, que alteram a aparência e a função da estrutura dentária, conseguem ter qualidade de vida. Pensando nisso, este texto mostra o que é e para que serve a remoção de tártaro, procedimento que ajuda a conquistar um sorriso harmônico.

Além disso, o material explica como o tártaro se forma e quais são as consequências (como gengivite, periodontite, mau hálito e até a perda do dente) desse problema para a saúde bucal. Por fim, o conteúdo dá as melhores dicas para você evitar esse incômodo, sob orientação de um profissional e com uma limpeza diária da cavidade bucal.

Continue a leitura e aprenda mais sobre esse importante assunto!

Afinal, o que é tártaro?

Tártaro, também conhecido como cálculo dental, é o resultado do acúmulo de bactérias na superfície do dente e do tecido gengival, nos quais a matéria orgânica (biofilme) enrijece, formando uma crosta que somente pode ser retirada pelo cirurgião-dentista.

Em contato com o esmalte dentário, o tártaro pode contribuir para a descoloração dos dentes, com o surgimento de manchas nessa área. O problema é causado, principalmente, pela falta de higiene bucal e pode ocorrer em qualquer idade.

No entanto, o enrijecimento da crosta bacteriana é mais comum entre idosos, devido à capacidade reduzida para a limpeza bucal e ao maior consumo de alimentos doces.

Como o tártaro se forma na superfície do dente?

Você deve estar se perguntando, agora, como esse problema se forma, certo? Para responder à questão, é preciso entender que a condição ocorre por causa da matéria orgânica, que se acumula entre os dentes e a gengiva após a alimentação e, quando misturada às proteínas e outras substâncias da saliva, gera a placa bacteriana.

Nesse sentido, as bactérias se alimentam dos restos de comida na cavidade bucal e, caso a pessoa não faça uma higiene bucal adequada, removendo esses micro-organismos, o resultado é o enrijecimento do cálculo, com o passar do tempo.

Isso ocorre porque, após 12 horas sem a devida escovação bucal, as bactérias liberam um ácido na boca, o qual desgasta os componentes do esmalte dentário, a exemplo do fosfato. A partir dessa reação química, são produzidos cristais de fosfato de cálcio, que se juntam a outros minerais, formando a base do tártaro.

Caso o problema não seja diagnosticado e tratado por um especialista, pode chegar a um estágio avançado, contribuindo para o surgimento de muitas doenças bucais.

Quais são as consequências do tártaro para a saúde bucal?

Você já sabe que o tártaro pode ser um vilão para quem quer ter um sorriso harmônico, mas quais são as consequências desse problema para a saúde bucal? Listamos alguns incômodos que estão associados ao enrijecimento da placa bacteriana na superfície dos dentes.

Gengivite

O tártaro pode ocorrer tanto na superfície dentária quanto na região da gengiva, na qual contribui para o surgimento de gengivite. A gengivite é uma doença no tecido gengival caracterizada por uma inflamação, que deixa a área inchada, avermelhada, sensível e retraída, podendo evoluir até para a perda do dente, caso o problema seja negligenciado.

Periodontite

Periodontite ou doença periodontal é uma infecção grave nos tecidos, nos ossos e nos ligamentos que são responsáveis pela sustentação dos dentes. Causado geralmente por má higiene bucal, esse mal-estar pode ser gerado pelo avanço do tártaro e deve ser tratado por um profissional para evitar o comprometimento da saúde oral.

Mau hálito

O mau hálito é associado por muita gente a problemas estomacais, mas a verdade é que esse odor ocorre, na grande maioria dos casos, por causa do tártaro e do acúmulo de resíduos orgânicos na língua, onde as bactérias se multiplicam e afetam a salivação do paciente.

Perda dentária

Em último caso, o tártaro pode comprometer não apenas a superfície externa do dente (esmalte), mas também chegar à área interna da dentição, atingindo nervos e a raiz dental. Nessa situação, o paciente provavelmente terá que fazer a extração dentária e analisar a indicação de implantes ou próteses odontológicas.

Como é o procedimento de remoção de tártaro?

Você já sabe que a remoção do tártaro não pode ser feita em casa, com o auxílio da escova e do fio dental. Mas como esse procedimento é realizado pelo cirurgião-dentista? Respondendo à pergunta, o método envolve este passo a passo:

  1. o dentista, após verificar a ocorrência de tártaro, usa o ultrassom para remover a parte mais grossa da crosta;
  2. depois, o profissional faz a raspagem de resíduos com instrumentos específicos;
  3. por fim, os dentes devem ser polidos, para apresentarem uma textura mais lisa, sem o aspecto manchado.

Ao final da consulta, o profissional deve indicar a frequência com que o paciente deve fazer a limpeza profissional nos dentes, além de orientar a pessoa sobre uma possível mudança de hábitos alimentares e sobre a escovação bucal, com instrumentos adequados que evitam o acúmulo de restos de alimento na boca.

Como esse problema pode ser evitado?

Não há dúvidas: para evitar o enrijecimento de placa bacteriana na dentição e na gengiva, é preciso redobrar os cuidados com a escovação e com o uso regular de fio dental. Mas você sabe como melhorar a higienização da boca após o consumo de alimentos?

Para facilitar o processo, a escovação dos dentes, feita em até 30 minutos após a refeição, deve começar com uma escova inclinada em um ângulo de 45 graus em relação à arcada. A partir daí, você deve fazer movimentos precisos de vai e vem, levando o instrumento desde a ponta do dente até a gengiva.

Depois, é preciso passar a escova em sentido circular, para remover restos de alimento das faces dos dentes. Em seguida, você deve passar o fio dental entre os dentes e a gengiva, para evitar que a matéria orgânica se acumule nessa região, onde a escovação pode não ser completamente eficaz. Por último, a dica é higienizar a língua com um instrumento específico, removendo impurezas na superfície do órgão.

Em todo caso, a remoção de tártaro é crucial para eliminar a placa bacteriana enrijecida da superfície dos dentes, evitando que o problema evolua para uma infecção grave na gengiva ou comprometa totalmente a dentição. Por isso, conte com um profissional experiente e, sempre que possível, faça uma avaliação para saber como está a sua saúde bucal.

Você gostou deste texto? Em caso afirmativo, não deixe de se informar com dicas para manter o sorriso bonito e saudável. Siga as nossas redes sociais e receba outros materiais incríveis sobre o tema. Estamos no Facebook e no Instagram!

Blog Sorriden: dicas de saúde bucal


17 de setembro de 2021 | Saúde Bucal

Não sabe como melhorar o hálito? Confira 4 melhores formas!

Você sabe como melhorar o hálito? Ter mau hálito é uma situação desagradável que pode ser muito constrangedora […]


26 de agosto de 2021 | Saúde Bucal

O aparelho ortodôntico para crianças vale a pena? Descubra!

Um assunto muito comum e que gera dúvidas em mães e pais é o aparelho ortodôntico para crianças. […]


12 de agosto de 2021 | Saúde Bucal

Confira 5 dicas para perder a vergonha de ir ao dentista!

Por diversos motivos, as pessoas precisam realizar consultas odontológicas, no entanto alguns obstáculos impedem ou reduzem as chances […]

Acesse o Blog

Realize sua pesquisa