Faça seu cartão de crédito Sorriden!

Você sabia que a dor de dente é capaz de causar mal-estar e comprometer a qualidade de vida? Essa sensação, que normalmente está associada a deficiências na saúde bucal, à falta de cuidados ou até mesmo à presença de problemas na região, se caracteriza por dores intensas, agudas e que, muitas vezes, permanecem ao longo do dia.

No entanto, existem práticas que podem amenizar ou evitar esse transtorno. Por isso, apresentamos dicas eficazes e simples para ajudar a prevenir dores de dente a seguir. Se você tem interesse no tema, leia este post e aproveite as sugestões!

1. Faça uma boa higiene bucal

Após as principais refeições diárias, como café da manhã, almoço e jantar, é essencial fazer uma limpeza eficaz para retirar partículas restos de alimentos dos dentes. Para isso, utilize uma escova de cerdas macias e faça movimentos leves e circulares em toda a extensão dentária.

Utilize também uma escova ou um raspador próprio para higienizar a língua, uma vez que esta região é extremamente propícia ao acúmulo de sujeiras e, como consequência, de bactérias. Elas são causadores desde problemas como a gengivite, até tumores no local.

Além disso, utilize o creme dental recomendado pelo dentista e não se esqueça de usar fio dental. É ele que remove pequenas partículas que a escova não consegue alcançar. Se o profissional de saúde recomendar, finalize o processo com um enxaguante bucal para evitar a proliferação de bactérias e, consequentemente, as dores incômodas.

2. Frequente o dentista e evite dor de dente muito forte

É essencial incluir visitas regulares a um consultório odontológico de confiança na rotina. Lá, o profissional avalia as condições bucais, realiza procedimentos odontológicos (sempre que forem necessários) e detecta possíveis problemas que podem trazer sintomas incômodos, como sensibilidade dentária e dores nos dentes.

É na clínica que também ocorre a recomendação dos tratamentos de acordo com cada situação, assim como ocorre a realização dos procedimentos com o auxílio de profissionais capacitados e em locais propícios.

O dentista ainda orienta o paciente sobre a realização de exames para se certificar a respeito do estado e da saúde da boca, incluindo dentes, gengivas e língua, bem como tira dúvidas sobre a manutenção da higiene bucal no dia a dia e mostra quais práticas devem ser adotadas no cotidiano, como a maneira correta de escovar os dentes, os produtos adequados e o momento ideal de utilizar o fio dental.

3. Siga as orientações do dentista

Uma boa dica é seguir, fielmente, as orientações do dentista, tanto as relacionadas com práticas diárias, como a utilização de creme dental e enxaguante bucal, quanto as que restringem o consumo de determinados alimentos, como alimentos ricos em corantes e açúcares.

Também é fundamental fazer os tratamentos dentários indicados pelo profissional. É isso que vai fazer que o problema acabe de vez e a saúde bucal fique em dia novamente.

4. Faça limpezas profissionais

Outro ponto elementar é fazer limpezas dentárias mais profundas com a ajuda de um profissional. Esse procedimento retira acúmulos de sujeira de toda a região interna da boca, além de evitar a presença de tártaro e possíveis infecções por bactérias.

Normalmente, o procedimento se chama profilaxia e se difere das tradicionais limpezas pelo fato de ser realizado por um cirurgião dentista com produtos e materiais que são encontrados apenas em consultórios odontológicos.

A prática, que deve ser realizada periodicamente (em geral, a cada 6 meses, mas depende de cada caso), passa por vários processos, como tartarectomia (raspagem do tártaro) e jateamento (com ultrassom e equipamentos específicos, que asseguram a remoção da placa bacteriana, o polimento do dente e a proteção dentária).

O procedimento ainda inclui uma escovação completa (com escovas profissionais) e aplicação do flúor (que fortifica os dentes, mantém o frescor da boca e devolve os minerais dentários).

Vale mencionar que a falta de higiene bucal pode afetar seriamente a saúde da região. Além de favorecer o aparecimento de cáries, a sujeira danifica o esmalte dentário (o que causa sensibilidade e dores agudas) e torna o ambiente propício para o surgimento de bolsas periodontais e problemas na gengiva e nos dentes.

5. Tenha uma dieta equilibrada

Outro ponto que faz diferença na saúde bucal é a alimentação. O consumo de alimentos com alto teor de açúcar e de gordura causa a proliferação de bactérias e contribui com o desgaste do esmalte dentário e com o aparecimento de cáries — e isso deixa a dentina (camada interna e porosa do dente) exposta.

Sorvetes, frituras, fast foods , salgadinhos industrializados, doces, bebidas alcoólicas, refrigerantes, alimentos muitos ácidos (como limão, que contribuem com a corrosão do esmalte dentário) e alimentos com alto teor de amido (como macarrão, batata, pães e arroz) são ótimos exemplos que devem ser evitados em grande quantidade.

Por isso, tenha uma dieta equilibrada, com alimentos ricos em nutrientes. Essa é uma maneira de garantir que os dentes tenham vitaminas e minerais suficientes para se manterem saudáveis, além de evitar complicações que causam fortes dores.

Agora que você já viu dicas para evitar dor de dente, coloque-as em prática para impedir que essa incômoda sensação faça parte da sua rotina. Lembre-se de que essa também é uma maneira de garantir mais bem-estar e qualidade de vida, já que assegura um sorriso muito mais bonito, promovendo o seu destaque por isso, tanto pessoal quanto profissional.

Você conhece outra prática que ajuda a evitar dores de dente? Então comente aqui nesta publicação e deixe este post mais completo!

 

Blog Sorriden: dicas de saúde bucal


17 de setembro de 2021 | Saúde Bucal

Não sabe como melhorar o hálito? Confira 4 melhores formas!

Você sabe como melhorar o hálito? Ter mau hálito é uma situação desagradável que pode ser muito constrangedora […]


26 de agosto de 2021 | Saúde Bucal

O aparelho ortodôntico para crianças vale a pena? Descubra!

Um assunto muito comum e que gera dúvidas em mães e pais é o aparelho ortodôntico para crianças. […]


12 de agosto de 2021 | Saúde Bucal

Confira 5 dicas para perder a vergonha de ir ao dentista!

Por diversos motivos, as pessoas precisam realizar consultas odontológicas, no entanto alguns obstáculos impedem ou reduzem as chances […]

Acesse o Blog

Realize sua pesquisa