São Paulo - Capital
(11) 3181-9060
Demais Localidades 0800 444 0800

Dente provisório: o que é e em quais casos deve ser colocado?

Mantenha sua saúde e sorriso em dia de maneira ainda mais simples e prática.

Header

Você já ouviu falar sobre dente provisório? Ideal para substituir temporariamente um dente danificado até que a prótese permanente seja colocada, ele é indispensável para manter a saúde e a estética bucal do paciente.

Por isso, falaremos mais sobre o assunto, mostrando como o dente provisório pode ser feito e em quais casos deve ser colocado. Se você quer saber mais, continue a leitura deste artigo e aproveite as dicas que separamos para você!

Afinal, o que é um dente provisório?

Confeccionado em resina acrílica, o dente provisório, também chamado de coroa, é uma opção temporária utilizada por questões estéticas e para assegurar as características funcionais da região bucal. Para que seja colocado, é importante preparar o local. Isso significa que o dente natural danificado precisa ser desgastado para a aplicação da coroa.

Esse desgaste, normalmente feito um pouco abaixo da gengiva, é essencial para que a região tenha espaço para receber a peça definitiva e para disfarçar a linha onde ela é aplicada.

Como é feita a aplicação?

Como mencionamos, o dente provisório é feito de resina acrílica e pode ser produzido direto sobre o dente danificado ou em laboratórios. No segundo caso, é feito um molde com o paciente, que posteriormente é desgastado para a confecção da prótese.

Os dois procedimentos devem ser realizados com acompanhamento odontológico, em consultórios e por profissionais capacitados. Vale mencionar que a opção feita em laboratório tem acabamento e polimento melhor. Ela é usada especialmente para perdas de dentes, dentes irreversivelmente danificados e situações que exigem reabilitações orais com mais dentes.

Qual é a importância da coroa provisória?

A finalidade da coroa provisória vai muito além de questões estéticas. Ela é essencial para manter a saúde da região e prepará-la para a aplicação do dente provisório. Confira!

Impedir o crescimento da gengiva

Naturalmente, a gengiva sofre alterações na região bucal e a importância do dente provisório está relacionada com o desgaste necessário em sua aplicação. Se ele não for colocado, a gengiva pode inflamar, mudar a sua forma e crescer sobre a região preparada para receber o dente permanente. Além do incômodo e da dor, isso impede que a moldagem da nova peça seja feita corretamente.

Proteger a estrutura do dente

Outro motivo que torna o dente provisório tão importante é o tratamento protético que ele oferece. Ele também é usado para proteger a estrutura dentária, especialmente contra quebras e fraturas possíveis no dia a dia.

Manter as funções dentárias

O dente provisório também devolve as funções dentárias, principalmente aquelas relacionadas à mastigação. Com a substituição de dentes muito danificados por novas peças, por mais que sejam temporárias, a mastigação volta a ser agradável e confortável.

É importante mencionar que a falta da peça provisória sofre as consequências da movimentação dentária. É possível que os dentes sofram alterações de lugar e, caso a peça permanente já tenha sido moldada, o dente definitivo não encaixará como o planejado, exigindo um novo e rápido molde.

Viu qual é a importância do dente provisório e por que ele deve ser colocado antes da peça definitiva? Não se esqueça de que isso é essencial para você ter um sorriso bonito e saudável, além de aumentar a autoestima e a autoconfiança.

Gostou do post? Aproveite para conferir também o que é a periodontite e conheça os principais tratamentos disponíveis.