Faça seu cartão de crédito Sorriden!

A preocupação com a saúde é um cuidado que deve iniciar logo nos primeiros meses de vida, mantendo-se também na terceira idade, fase na qual o aparecimento de condições bucais compromete a harmonia do sorriso. Por isso, o plano odontológico para idosos é fundamental.

Para realizar esse acompanhamento de forma minuciosa, existe a modalidade da odontogeriatria, especialização odontológica que cuida da saúde bucal de idosos, prevenindo e tratando problemas comuns da faixa etária.

Para aprofundar o seu conhecimento, entenda, neste texto, como o plano odontológico para idosos é composto, saiba quais são as principais vantagens do serviço — como melhora do bem-estar, acesso a uma ampla rede de profissionais, redução de gastos com dentista, maior prevenção e diminuição do risco de doenças — e por que escolher esse benefício. Continue a leitura para entender tudo sobre o assunto!

Como um plano odontológico para idosos é composto?

Você sabe como funciona o plano odontológico para idosos? A resposta é que o benefício aumenta a sua segurança e o bem-estar com acesso a uma rede de profissionais qualificados e, o melhor, prontos para atendê-lo em caso de emergência. Para saber qual plano cobre as suas expectativas, entre em contato, de forma simples, com uma seguradora.

Quais são as vantagens do plano odontológico para idosos?

Até o momento, você percebeu alguns componentes de um plano odontológico especializado, mas quais as vantagens de contratar o serviço na terceira idade? Há, pelo menos, estes cinco benefícios: melhora no bem-estar, acesso a bons profissionais, redução de gastos com consulta, prevenção a doenças e acompanhamento de tratamentos.

Melhora do bem-estar e da segurança

A lista não poderia começar de outra forma: o plano aumenta o seu bem-estar e deixa você mais seguro em caso de emergências clínicas. Para não ter dor de cabeça com imprevistos, contrate o serviço, com o qual o paciente consegue ser atendido em diversos pontos — espalhados por todas as regiões do país — sem precisar agendar uma consulta com antecedência.

Acesso a profissionais qualificados

Outra qualidade do plano odontológico para idosos é que o serviço é oferecido pelos melhores profissionais da odontogeriatria, para cuidar dos problemas bucais que mais afetam as pessoas na terceira idade. É uma maneira facilitada de ser atendido pelos dentistas mais experientes, gastando menos.

Redução de gastos com dentista 

O ideal é se consultar com o dentista de uma a duas vezes por ano, mas alguns problemas podem se intensificar na melhor fase da vida. Para reduzir gastos e manter a saúde bucal, o plano odontológico é perfeito, já que você contribui com um valor que cabe no seu bolso e, ao mesmo tempo, garante um serviço de qualidade.

Diminuição do risco de doenças bucais

Na terceira idade, o risco de surgirem doenças na boca pode aumentar. Nesse sentido, existem algumas condições que são mais comuns em pacientes idosos, como cáries, gengivite e sensibilidade nos dentes.

Contudo, elas podem ser ainda mais frequentes devido a uma série de fatores agravantes, a exemplo do uso de medicamentos que afetam a saúde gengival; diagnóstico de problemas cardíacos, diabetes e câncer; higiene bucal inadequada (causada também por problemas motores, entre outros); e alimentação desregulada.

Por outro lado, a queda da imunidade (deixando os pacientes idosos mais suscetíveis a infecções), o enfraquecimento da estrutura dos dentes e algumas dificuldades motoras fazem com que o acompanhamento com um dentista seja imprescindível.

Para diminuir o risco e o progresso dessas doenças no organismo, contar com um plano odontológico é essencial, uma vez que se tem acesso a profissionais adequados. Com o serviço, você consegue orientação para manter a saúde bucal em pleno funcionamento nessa faixa etária. ​

Verificação da má adaptação das próteses

As próteses dentárias (conhecidas, também, como dentaduras) fazem parte do dia a dia de um grande número de idosos, funcionando como uma ferramenta importante para as pessoas que perderam os dentes por algum motivo. Todavia, para a devida manutenção do sorriso, é fundamental que elas recebam os devidos cuidados.

Quando má adaptadas ou utilizadas de forma incorreta, essas próteses podem causar lesões, desconfortos e demais complicações — ou seja, o contrário de seu propósito, não é mesmo?

Manter a frequência nas consultas ao dentista, então, é algo crucial nesse processo, uma vez que o profissional verificará a adaptação do paciente e poderá fornecer as orientações necessárias para a limpeza e a conservação da ferramenta.

Prevenção antes da intervenção

O hábito de acompanhamento com um bom dentista é, também, importante quanto à prevenção de problemas que possam se agravar e resultar em complicações sérias na vida do paciente idoso. Você, certamente, já ouviu aquele velho ditado que diz “prevenir é melhor do que remediar”, certo? Saiba que, aqui, ele faz todo o sentido.

Tenha em mente que a saúde bucal na terceira idade conta com grandes inimigas, como a doença periodontal — quando a placa bacteriana adere às margens da gengiva, causando infecções que atacam não só a região, mas também os ossos que sustentam os dentes.

Outros inimigos comuns são a retração da gengiva e a diminuição da saliva, que aumentam consideravelmente o risco de cáries e as dificuldades de deglutição.

Visitando regularmente o seu odontogeriatra, é viável constatar e tratar possíveis condições provenientes desses fatores desde o início, permitindo que o idoso coma bem, fale bem e, consequentemente, viva bem — exatamente como ele merece.

Por que escolher um plano de qualidade para idosos?

O plano odontológico para idosos é um serviço para quem quer cuidar da saúde na terceira idade, ampliando a rede de dentistas qualificados, garantindo atendimento em caso de emergência clínica e reduzindo, ao final, o custo com as consultas.

Para não ter dores de cabeça e melhorar, e muito, a prevenção a problemas bucais (como hipersensibilidade nos dentes, cáries e gengivite, bastante comuns nessa faixa etária), contrate os serviços de empresas como a Sorriden, que é líder no segmento de planos odontológicos, e mantenha o sorriso harmônico durante a melhor fase da sua vida.

A operadora de plano de saúde odontológico conta com um programa de prevenção em mais de 200 clínicas em todo o Brasil. Os serviços variam de acordo com a sua necessidade, cobrindo os seus gastos com dentista e aumentando o seu bem-estar.

Neste conteúdo, você percebeu que o acompanhamento odontológico para idosos é essencial para evitar que os problemas comuns a essa faixa etária se manifestem, prevenindo-os antes que seja preciso intervir. Isso tanto melhora a saúde bucal quanto proporciona melhor qualidade de vida e bem-estar ao paciente.

Gostou do post sobre o que é, por que fazer e quais as vantagens do plano odontológico para idosos, não é mesmo? Para saber mais sobre saúde bucal, leia nosso outro artigo e descubra como tratar a dor de dente na terceira idade!

Blog Sorriden: dicas de saúde bucal


17 de setembro de 2021 | Saúde Bucal

Não sabe como melhorar o hálito? Confira 4 melhores formas!

Você sabe como melhorar o hálito? Ter mau hálito é uma situação desagradável que pode ser muito constrangedora […]


26 de agosto de 2021 | Saúde Bucal

O aparelho ortodôntico para crianças vale a pena? Descubra!

Um assunto muito comum e que gera dúvidas em mães e pais é o aparelho ortodôntico para crianças. […]


12 de agosto de 2021 | Saúde Bucal

Confira 5 dicas para perder a vergonha de ir ao dentista!

Por diversos motivos, as pessoas precisam realizar consultas odontológicas, no entanto alguns obstáculos impedem ou reduzem as chances […]

Acesse o Blog

Realize sua pesquisa