Faça seu cartão de crédito Sorriden!

Quem não quer ficar com o sorriso dos artistas e voltar a sorrir para a vida? O desejo de ter um sorriso harmônico é bastante comum, mas o que nem todos os pacientes conhecem são os tratamentos para o dente torto. Pensando nisso, o post a seguir explica o que fazer para tratar disfunções no crescimento e no desenvolvimento dentário.

Além disso, o artigo apresenta possíveis causas de dente torto e soluções adequadas, a exemplo de aparelho metálico, faceta de porcelana e o alinhador invisível, que acabam com esse problema, melhoram a estética facial e deixam o sorriso bem alinhado. Ficou interessado? Então, continue a leitura e tire as suas dúvidas sobre esse importante assunto!

Por que dentes tortos podem impactar a autoestima?

A dentição cumpre inúmeras funções na boca (mastigação, fala, respiração etc.) e desempenha, também, um papel importante para manter o sorriso harmônico. No entanto, dentes tortos, com disfunção no crescimento e no desenvolvimento dentário, acarretam impactos negativos para a estética do rosto, motivando problema de autoestima, medo de sorrir em público e dificuldade de socialização.

Quais são as principais causas do problema?

Até aqui, você entendeu o que são e por que os dentes tortos podem impactar a estética do rosto. Mas quais são as principais causas desse problema dentário? Para responder à questão, pode-se afirmar que a falta de espaço entre os dentes, o bruxismo, a respiração bucal, o nascimento de sisos (os terceiros molares) e a falta de contenção dentária contribuem para o surgimento da disfunção ortodôntica.

Falta de espaço

A falta de espaço dental é uma das principais causas do problema, já que a dentição não tem como se desenvolver plenamente na arcada dentária, pressionando outros dentes. Nesse caso, geralmente o aparelho ortodôntico é indicado para ampliar o espaçamento e reposicionar, com uma técnica adequada, cada dente.

Bruxismo

O bruxismo, que é o hábito involuntário de ranger e pressionar a dentição, pode levar a complicações no desenvolvimento dental. Com o tempo, essa prática nociva tende a desgastar os dentes e, em alguns casos, chega a lesionar a gengiva, a qual, desgastada, contribui para o surgimento de dentes tortos e sem a devida sustentação pelos tecidos bucais.

Respiração pela boca

Respirar pela boca, prática comum nos primeiros anos de vida, pode ocasionar, gradativamente, alteração nas arcadas dentárias e no formato dos ossos maxilares. O processo ocorre devido à abertura prolongada da cavidade bucal, principalmente à noite, durante o sono, modificando o posicionamento da língua e o alinhamento dental.

Nascimento dos sisos

Com a evolução da espécie humana, as arcadas dentárias se ajustaram a novos comportamentos alimentares, sendo essa mudança evolutiva e genética ainda mais visível em pacientes que não comportam os sisos, os últimos dentes a nascer na cavidade bucal. A nova dentição acaba empurrando os demais dentes, afetando o alinhamento dental em efeito dominó.

Falta de contenção

O aparelho de contenção é indicado, geralmente, para quem concluiu o tratamento com dispositivos ortodônticos, mas ainda sofre com alto índice de movimentação dentária. Sem o equipamento, os dentes podem voltar a uma posição inadequada, afetando o sorriso harmônico.

Quais as soluções para corrigir os dentes tortos?

Você deve estar se perguntando, agora, quais são os métodos para tratar os dentes tortos, não é? Atualmente, os tratamentos são variados, a depender do caso clínico, podendo envolver uso de aparelhos (metálico e alinhador invisível), facetas de porcelana, lente de contato dental e, a depender do grau de comprometimento da boca, extração dentária.

1. Alinhador invisível

Método revolucionário, com aplicação de alinhadores dentais, impulsiona a movimentação dentária com o intuito de ajustar o posicionamento dos dentes na boca. O tratamento é indicado, principalmente, para quem deseja harmonizar o sorriso sem prejudicar a estética facial, já que a técnica utiliza moldeiras em material transparente.

2. Aparelho ortodôntico de metal

O aparelho ortodôntico de metal é uma das técnicas mais tradicionais para alinhar os dentes, recuperando a estética e as funções do sorriso. Para isso, usa-se um dispositivo fixo com bráquetes (peças metálicas de sustentação para o aparelho), fios e borrachinhas (para sustentar o filamento metálico), os quais exercem pressão para corrigir desvios dentais.

3. Facetas de porcelana ou resina

Facetas de porcelana ou resina composto são um método interessante para quem sofre com desgastes severos na dentição, em decorrência do bruxismo, e até perda dental. A técnica usa a resistência e a estética dos materiais, que têm aparência muito natural e semelhante aos dentes humanos, para corrigir desvios nas arcadas dentárias.

4. Lente de contato dental

A lente de contato dental é feita com lâmina superfina de porcelana para corrigir espaçamentos excessivos entre os dentes, manchas e imperfeições no formato dental. O procedimento, que não é considerado invasivo e tem alta resistência a impactos na boca, preserva os dentes naturais e melhora a estética e o funcionamento orais.

5. Extração dentária

Em alguns casos, a extração do dente pode ser a solução mais adequada para evitar a desarmonia nas arcadas dentárias. Dessa forma, um bom dentista remove a dentição prejudicada com equipamentos específicos, fazendo uma intervenção cirúrgica no local.

O que pode ser feito para prevenir e corrigir os dentes tortos?

Inicialmente, deve-se entender, com a ajuda especializada, o que causa o desalinhamento da dentição, explicação que ajuda a evitar o problema. Se você respira pela boca ou sofre com bruxismo, por exemplo, uma mudança de hábitos pode ajudar a evitar o comprometimento da dentição.

Porém, se a disfunção estiver associada à estrutura orto-facial, provavelmente você terá que usar aparelhos ortodônticos (com aparelho metálico ou alinhador invisível) e uma maior intervenção clínica (a partir de extração, lentes de contato dental e facetas) para tratar o posicionamento dos dentes. De toda forma, agende uma consulta odontológica e receba indicação precisa do que fazer para conquistar um sorriso harmônico.

Neste post, você entendeu como o dente torto afeta a saúde bucal, seja por falta de espaço na arcada dentária, quadro de bruxismo, respiração pela boca, erupção de sisos e falta de contenção ortodôntica. Por isso, fique atento a incômodos na boca e visite, periodicamente, o dentista para tratar disfunções na cavidade bucal.

O texto de hoje foi realmente útil, não é? Então, siga se informando sobre o assunto e confira quais são as principais causas que levam à perda dental!

Blog Sorriden: dicas de saúde bucal


17 de setembro de 2021 | Saúde Bucal

Não sabe como melhorar o hálito? Confira 4 melhores formas!

Você sabe como melhorar o hálito? Ter mau hálito é uma situação desagradável que pode ser muito constrangedora […]


26 de agosto de 2021 | Saúde Bucal

O aparelho ortodôntico para crianças vale a pena? Descubra!

Um assunto muito comum e que gera dúvidas em mães e pais é o aparelho ortodôntico para crianças. […]


12 de agosto de 2021 | Saúde Bucal

Confira 5 dicas para perder a vergonha de ir ao dentista!

Por diversos motivos, as pessoas precisam realizar consultas odontológicas, no entanto alguns obstáculos impedem ou reduzem as chances […]

Acesse o Blog

Realize sua pesquisa