São Paulo - Capital
(11) 3181-9060
Demais Localidades 0800 444 0800

Odontologia estética: qual a relação com a saúde bucal?

Mantenha sua saúde e sorriso em dia de maneira ainda mais simples e prática.

Header

A odontologia estética dedica-se a auxiliar as pessoas que buscam o sorriso perfeito. Contudo, mais do que dentes brancos e harmoniosos, essa especialidade odontológica consegue trazer resultados positivos para a autoestima e bem-estar dos pacientes.

No entanto, esses são os benefícios mais óbvios. O que muitos desconhecem é que os cuidados estéticos podem contribuir também para a melhoria da saúde bucal das pessoas. 

Neste post, falaremos um pouco mais sobre a estética dental e apresentaremos os procedimentos estéticos dentários mais comuns. Além disso, apresentamos também a relação entre essa área com a saúde bucal. Vamos lá?

O que é odontologia estética?

É um ramo da odontologia que tem por objetivo transformar o seu sorriso, deixando-o mais harmônico e bonito. E, embora seu principal objetivo seja resgatar a autoestima, a estética dental traz contribuições que estão além da beleza

Problemas como a perda de dentes, uso de próteses inadequadas ou mordida torta podem prejudicar a nutrição e respiração, por exemplo. Ao oferecer tratamentos para cada um desses casos, a estética dental contribui para a saúde geral dos pacientes.

Quais são os procedimentos estéticos dentais mais comuns?

Essa especialidade odontológica oferece diversos tratamentos capazes de deixar os seus dentes bonitos e saudáveis. Preparado para conhecer os procedimentos mais procurados? A solução para aquele problema que tanto o incomoda pode estar nessa lista. 

Implante dentário

Pessoas que perderam dentes e utilizam dentadura ou outros tipos de prótese costumam ter dificuldade para mastigar os alimentos. Se o ajuste do aparelho não estiver correto, isso pode levar ao surgimento de lesões na gengiva.

O implante dentário é uma excelente alternativa para esse tipo de paciente, e o melhor é que, com a manutenção adequada e periódica, os implantes podem durar mais de 20 anos.

Facetas dentárias

As facetas dentárias são próteses finas que se ajustam à dentição do paciente para corrigir imperfeições. O resultado estético é bastante natural. Elas são indicadas para o tratamento de dentes desalinhados, desgastados, desiguais, trincados ou manchados.

Lentes de contato dental

Elas funcionam de modo bem parecido com as facetas dentárias. As lentes de contato dental são perfeitas para o reparo de pequenas imperfeições, pois apresentam uma estrutura mais fina.

O tratamento é utilizado principalmente para corrigir: pequenas fraturas, manchas escuras que não saem após o clareamento, irregularidades no alinhamento e excesso de espaço entre os dentes.

Clareamento dental

Esse é um dos tratamentos estéticos mais procurados, pois ajuda a recuperar a cor natural dos dentes amarelados.

O clareamento dental é também uma das alternativas mais econômicas para melhorar o aspecto do seu sorriso. Existem várias técnicas que podem ser realizadas no consultório odontológico ou em casa, após as orientações do dentista.

Plástica gengival

Existe um problema estético conhecido como sorriso gengival. Ele se caracteriza pela sobreposição da gengiva sobre os dentes, gerando desconforto e deixando as pessoas inseguras ao sorrir.

Há ainda os casos de retração, nos quais a gengiva recua e expõe a raiz. Outros pacientes têm uma gengiva de espessura muito fina, o que leva a contornos estéticos incômodos ou coloração diferente na região gengival.

Para todos esses casos é recomendada a plástica gengival. Também conhecida como cirurgia de recobrimento da raiz, gengivoplastia e cirurgia periodontal todos são procedimentos simples que atuam na gengiva e, de acordo com o objetivo da cirurgia, deslocando-a para baixo ou para cima. Também pode ser retirado um pouco do tecido do “céu da boca”, enxertando-o na gengiva para criar volume e espessura.

Qual a relação entre odontologia estética e a saúde bucal?

Infelizmente, algumas pessoas ainda acreditam que a estética dental tem pouca relação com a saúde bucal. Porém, na verdade, por trás de cada tratamento para manter os dentes alinhados ou mais brancos existe um grande cuidado que vai além de um sorriso belo e harmonioso

Vamos conferir como a estética dental está relacionada a sua saúde bucal?

As duas áreas estão alinhadas

Muitas pessoas evitam ao máximo a visita ao dentista por medo e só vão ao consultório quando se incomodam com algum problema estético nos dentes.

A consulta para o procedimento estético é a oportunidade ideal para o dentista realizar uma avaliação da sua saúde bucal

Em alguns casos, inclusive, é necessário realizar um tratamento antes de realizar o procedimento desejado e vice-versa. Se você vai colocar uma faceta dentária, por exemplo, pode ser necessário o clareamento prévio nos dentes.

A odontologia contribui para o bem-estar dos pacientes

Ninguém se sente feliz com uma dor de dente, não é verdade? É um incômodo físico e só melhora com o tratamento adequado. 

Uma pessoa com o sorriso amarelado, a gengiva grande ou dentes desalinhados também se sente desconfortável. Não há necessariamente uma dor para ser tratada, o desconforto aqui é emocional e pode prejudicar a relação do paciente com outras pessoas.

Por isso, não há dúvidas de que tanto os procedimentos para a saúde dos dentes quanto os tratamentos estéticos são essenciais para garantir o bem-estar dos indivíduos.

Muitas queixas estéticas estão relacionadas a outros problemas

Alguns problemas estéticos nos dentes não interferem apenas na imagem e podem prejudicar a saúde geral dos indivíduos.

O excesso de gengiva, por exemplo, pode permitir um acúmulo de alimentos nas raízes dos dentes e, sem a limpeza adequada, leva ao surgimento de cáries. Já os dentes desalinhados podem levar a um desgaste da gengiva ou até trincar o esmalte dentário.

A preocupação estética pode melhorar a saúde geral

Em busca de um belo sorriso, muitos pacientes são obrigados a abandonar hábitos prejudiciais à saúde dos dentes.

Quem realiza um tratamento de clareamento deve evitar o cigarro, pois o tabaco contribui com o amarelamento dos dentes. Passado o procedimento, o paciente pode até abrir mão do hábito pela manutenção do branqueamento.

Nesse caso, a saúde bucal também é beneficiada, pois o cigarro traz outros malefícios aos dentes, como problemas na gengiva e tártaro. A saúde geral também se beneficia, já que o tabaco aumenta o risco de doenças cardiovasculares e no trato respiratório.

Neste post você conheceu um pouco mais sobre a odontologia estética e quais são os tratamentos mais procurados e viu, ainda, que a preocupação com a aparência dos dentes está diretamente relacionada à saúde bucal e pode, inclusive, contribuir para hábitos mais saudáveis. 

Porém, é preciso ficar atento: todos os tratamentos citados devem ser realizados sempre com um profissional qualificado. O uso de produtos inadequados pode causar muitos problemas, piorando a saúde e a estética dos dentes.

Gostou deste artigo sobre a odontologia estética? Que tal conferir nosso artigo com 4 dicas para acabar com o medo do dentista?